Parceiros

quinta-feira, 12 de janeiro de 2012

Governador assina decreto coletivo de Situação de Emergência em Boa Vista das Missões


O Governador do Rio Grande do Sul em exercício Beto Grill, juntamente com secretários de Estado, estiveram na manhã de hoje, 09, na cidade de Boa Vista das Missões, discutindo varias questões, entre elas a situação de emergência decretada pelos municípios da região. Na ocasião foi assinado o Decreto Coletivo de Situação de Emergência. A medida poderá apressar a liberação de verbas federais para o atendimento aos municípios que sofrem com a seca no Estado.

 
Alem de representantes de movimentos sociais, estiveram prefeitos, vereadores, lideres sindicais, e a comunidade em geral, discutindo a problemática da estiagem com os municípios pertencentes a Associação dos Municípios da Zona da Produção – AMZOP e da Associação dos Municípios da Região Celeiro – AMUCELEIRO.

- Liberação dos recursos aos municípios que possuem projetos para construção de microaçudes.
- Criação de linha de crédito com juros subsidiados para os pequenos agricultores, objetivando aquisição de equipamentos para irrigação, uma vez que muitos agricultores já foram beneficiados pelos programas de abertura de açudes, faltando somente a aquisição desses equipamentos.
- Liberação do corte da lavoura de milho para produção de silagem e trato de animais, após a vistoria da Defesa Civil ou da equipe técnica que realiza os laudos de Proagro, evitando a perda total e amenizando a fome dos animais.
- Liberação de recursos para aquisição de feno ou alimento para o gado de leite, com a finalidade de reduzir a queda na produção de leite.
- Liberação de recursos aos municípios para construção de redes de abastecimento de água para consumo humano e animal.
- Destinação de recursos para aquisição de equipamentos para instalação em poços artesianos já abertos e caixas d’água, pois há poços secando em alguns municípios.
- Destinação de recursos para aquisição de semente de pastagem, em substituição aos investimentos perdidos com a estiagem na bovinocultura de leite.
- Renegociação das dívidas dos pequenos agricultores, possibilitando a viabilidade e a continuidade das atividades agropecuárias.
Já soma 107 o número de municípios no Rio Grande do Sul que decretaram situação de emergência em função da estiagem. O número representa pouco mais de 20% dos 496 municípios do Estado, segundo balanço divulgado neste domingo pela Defesa Civil.

O número ainda pode ser ampliado, pois outras 35 prefeituras gaúchas enviaram notificação de desastre (Nopred) à Defesa Civil do Estado.  Segundo o comunicado, a estimativa é de que 460,714 mil pessoas tenham sido diretamente afetadas pela falta de chuvas no RS até o momento.

 POSTADO:ALCIONE GONDOREK

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Parceiros