Parceiro

domingo, 17 de junho de 2012

Gestão das Emissões de Gases de Efeito Estufa



Mulher de braços abertos entre árvores
O Comitê Nacional de Organização já finalizou o inventário pré-conferência (ex ante) sobre as emissões de gases de efeito estufa (GEE) da Rio+20. A elaboração desse inventário se baseou na posição oficial brasileira nos debates internacionais sobre mudança do clima, seguindo padrões cientificamente robustos e metodologias internacionalmente reconhecidas, respeitando as características nacionais. Esse trabalho será complementado por nova avaliação, realizada após o término do evento (estimativa ex post).

Os dois inventários incluem fontes de energia elétrica, combustíveis utilizados nos principais espaços oficiais da Conferência e nos veículos terrestres oficiais, disposição de resíduos e viagens aéreas dos delegados credenciados e do Secretariado das Nações Unidas.

A estratégia de compensação de emissões decorrentes da organização da Conferência Rio+20, no período de sua realização, será feita por meio de Reduções Certificadas de Emissão (RCEs), oriundas de projetos brasileiros do Mecanismo de Desenvolvimento Limpo (MDL), doadas por empresas brasileiras.

O Comitê Nacional de Organização já possui créditos de carbono necessários para a compensação das emissões associadas à organização da Conferência.

De forma a contribuir para viabilizar a compensação das emissões de viagens aéreas de delegados credenciados, o Governo brasileiro criou, em parceria com a Caixa Econômica Federal e PNUD Brasil, uma ferramenta digital que possibilitará aos participantes calcular suas emissões de GEE com viagens aéreas e comprar Reduções Certificadas de Emissão (RCEs) para compensá-las.

O Governo brasileiro encoraja todos os participantes a compensar voluntariamente suas emissões decorrentes de transporte aéreo usando RCEs provenientes de projetos brasileiros do MDL.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Parceiros

Parceiros