Parceiros

terça-feira, 19 de junho de 2012

Rio+20: Mudança de Estado, artigo de Efraim Rodrigues


'Pegada' de CO2
[EcoDebate] Ouvi esta semana a jornalista Miriam Leitão desculpar a falta de resultados de reuniões como a Rio +20 com o argumento que “O tempo diplomático é diferente do tempo científico”. Discordo.
As afirmações cientificas de hoje são resultado de um processo de deposição milenar de camadas de bom senso. Portanto, o tempo científico não é mais rápido que o tempo diplomático, contado em décadas. A diplomacia inclusive sabe ser muito rápida quando julga necessário. No último fim de semana, os Ministros da Fazenda da Eurozona (perdoem o galicismo adequado demais) fizeram uma videoconferência de três horas que culminou com a assinatura de um empréstimo de US$ 125 bilhões para a Espanha.
No caso do ambiente, governantes preferem tirar foto, plantar árvore ou ainda menos que isto, usar os preços no Rio como desculpa para nem vir de vez. A posição brasileira na Rio -20, (Estocolmo, 1972), ao menos foi honesta; -Tragam suas indústrias para cá, pois precisamos de desenvolvimento. Em 40 anos só mudamos em hipocrisia.
A Rio 92 não trouxe nada de bom . Economizamos um tanto de energia com a Internet, mas consumimos muito mais de outros lados com uma multidão de pobres que ansiava e finalmente tem conseguido copiar o mau exemplo ambiental dos ricos. Alguns poucos estão sendo mais exigentes com o que consomem ou ainda melhor, com o que não consomem, mas isto é resultado de um outro processo milenar de deposição de bom senso que é a educação.
Nesta semana foi publicado um artigo de grande repercussão na revista Nature, (coloquei o link em meu blog http://ambienteporinteiro-efraim.blogspot.com.br/) que fala de uma iminente mudança de estado no planeta. Repercutiu ainda mais para mim, que me mudei nesta semana. Ambas mudanças têm em comum uma elaboração e uma reorganização em um novo estado. A diferença é que geralmente ficamos bem em uma casa nova, enquanto que com efeito estufa, extinção maciça de espécies, desertificação e contaminação química não estaremos felizes. Talvez nem estaremos.
Grande mudanças na Terra não são novidade; a primeira foi há meio bilhão de anos e ainda outras quatro ocorreram após. Também não é novo que se fale sobre isto, Rachel Carson fez muito sucesso com seu “Primavera Silenciosa”, verdadeiro em termos gerais mas sem base científica no detalhe. A novidade é que um grupo de cientistas renomados afirme que estamos à beira de enormes mudanças.
Dê sua contribuição para o ambiente pensando um meio de ser melhor para seu meio, resumindo, eduquemo-nos. Fiquemos tão alheios quanto possível do show Rio +20.
Efraim Rodrigues, Ph.D. (efraim@efraim.com.br), Colunista do Portal EcoDebate, é Doutor pela Universidade de Harvard, Professor Associado de Recursos Naturais da Universidade Estadual de Londrina, consultor do programa FODEPAL da FAO-ONU, autor dos livros Biologia da Conservação e Histórias Impublicáveis sobre trabalhos acadêmicos e seus autores. Também ajuda escolas do Vale do Paraíba-SP, Brasília-DF, Curitiba e Londrina-PR a transformar lixo de cozinha em adubo orgânico e a coletar água da chuva. É professor visitante da UFPR, PUC-PR, UNEB – Paulo Afonso e Duke – EUA . http://ambienteporinteiro-efraim.blogspot.com/
EcoDebate, 19/06/2012

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Parceiros