Parceiro

quarta-feira, 4 de julho de 2012

Adolescente indígena é encontrada morta em Três Palmeiras


Polícia civil investiga o caso para determinar as circunstâncias da morte da garota, que residia em Chapecó (SC)

A polícia civil de Ronda Alta investiga a morte de uma adolescente indígena, encontrada às margens da rodovia Três Palmeiras – Ronda Alta (ERS-324), na tarde de domingo. Naiara Ninha Reis, 13 anos, morava em Chapecó(SC) e estava há duas semanas na região. 

Policiais do Comando Rodoviário da BM de Nonoai encontraram o corpo após receber uma ligação anônima informando que teria ocorrido um atropelamento na rodovia, na localidade de Linha Caneleira. Ao chegar no km 88, local indicado, mais de 100 indígenas já cercavam o corpo da adolescente, que estava caído às margens da rodovia. 

Sem qualquer sinal aparente que indicasse atropelamento, o corpo tinha apenas hematomas no pescoço. Na rodovia, conforme os policiais rodoviários, também não havia sinais de frenagem. 

Uma equipe do Instituto Geral de Perícias de Passo Fundo fez levantamentos no local e o corpo foi encaminhado para necropsia. Um laudo preliminar apontou que a morte teria sido causada por hemorragia cerebral causada por um trauma medular, o que pode ter sido causado por uma pancada ou mesmo uma queda, conforme os peritos.

Naiara era moradora da Aldeia Condá, em Chapecó e há duas semanas teria aproveitado uma visita de indígenas de Três Palmeiras, para viajar de ônibus até a cidade gaúcha. Ela teria ficado este período em casas de outras famílias na reserva e na noite de sábado foi vista pela última vez, caminhando às margens da rodovia em que foi encontrada. 

O delegado de polícia civil Luiz Fernando de Azevedo, que investiga o caso, já ouviu vários moradores da reserva indígena e aguarda o resultado da perícia e o laudo oficial de necropsia, para concluir o inquérito.

fonte: zero hora

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Parceiros

Parceiros