Parceiro

segunda-feira, 28 de janeiro de 2013

Em nota, prefeitura de Santa Maria eleva para 236 número de mortos


Outras 144 pessoas estão hospitalizadas após incêndio na boate Kiss

Familias estão velando as vítimas no Centro Desportivo de Santa Maria
Crédito: Tarsila Pereira
A Prefeitura de Santa Maria confirmou, por meio de nota oficial divulgada na manhã desta segunda-feira, que aumentou o número de óbitos após o incêndio na boate Kiss na madrugada desse domingo. Conforme o texto, 236 pessoas morreram na tragédia. Outras 144 pessoas estão hospitalizadas.

• Saiba como ajudar: socorro a Santa Maria mobiliza o RS

Deste número, 79 pessoas seguem internadas na rede hospitalar de Santa Maria e 65 pacientes foram transferidos para hospitais de outras cidades, principalmente de Porto Alegre. O estádio Ramiro Souto, no Parque da Redenção, foi usado para o pouso de helicópteros com vítimas.

O incêndio na boate Kiss começou por volta das 2h. Cerca de mil pessoas estariam no local, a maioria participando de uma festa organizada por estudantes da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM).

Segundo testemunhas, o fogo teria começado quando um dos integrantes da banda "Gurizada Fandangueira" acendeu um sinalizador. O comandante do Corpo de Bombeiros, Coronel Guido Pedroso de Melo, afirmou que o objeto teria enconstado numa forração de isopor e provocado as chamas. As pessoas não teriam percebido o fogo de imediato, mas assim que o incêndio se espalhou, a correria teve início.

Conforme relatos, os extintores posicionados na frente do palco não funcionaram e a pessoas tiveram que recorrer a equipamentos que ficavam mais distantes. Em pânico, muitos não conseguiram encontrar a única porta de saída do local e correram para os banheiros. A boate foi tomada por uma fumaça preta. De acordo com o Corpo de Bombeiros, a maioria morreu asfixiada.





Fonte: Correio do Povo e Rádio Guaíba

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Parceiros

Parceiros