Parceiro

sexta-feira, 4 de janeiro de 2013

Mais de 72 mil candidatos tiraram nota zero na redação do Enem

enemMais de 72 mil candidatos do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2012 tiraram nota zero na redação. Isso ocorre quando o texto não tem o número de linhas suficientes, quando o estudante foge ao tema proposto, quando suas propostas ferem os direitos humanos ou quando ele não usa a estrutura dissertativa argumentativa na construção da redação.


O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep) divulgou hoje os números da correção da redação do Enem 2012. Ao todo, foram corrigidos 4.113.558 textos – 1,82% estavam em branco e 1,76% tiraram zero.
Cada redação é lida por pelo menos dois professores. As duas notas atribuídas por eles são somadas e faz-se uma média que resulta na pontuação final. Mais de 826 mil textos – cerca de 20% do total – foram encaminhados a um terceiro corretor. Isso ocorre quando há uma discrepância superior a 200 pontos entre as duas primeiras notas atribuídas. A redação do Enem vale até 1.000 pontos.
Se a diferença entre as notas dos três corretores permanecer superior a 200 pontos é acionada uma banca examinadora, formada por três professores, que será responsável por atribuir a nota final do participante. Em 2012, pouco mais de 100 mil textos foram encaminhados à banca, 2,43% do total.
Tema difícil
O tema da redação de 2012 foi a imigração para o Brasil no século 21. Professores consideraram que o tema foi surpreendente e exigia conhecimento por parte dos candidatos a respeitos do atual momento econômico que o país vive e dos novos fluxos migratórios.Assista ao bate-papo do portal EBC que analisou a prova do Enem 2012.
Ouça: alunos reclamam do tema da redação do Enem

Matéria de Amanda Cieglinski, do Portal EBC, publicada pelo EcoDebate, 04/01/2013

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Parceiros

Parceiros