Parceiros

sexta-feira, 11 de janeiro de 2013

Polícia procura vice-prefeito acusado de homicídio em Ampére


O vice-prefeito eleito de São Pedro do Iguaçu, Valdir Ribeiro, está sendo procurado pela polícia, acusado de envolvimento em um homicídio na cidade de Ampére, sudoeste, no dia 10 de dezembro. O político é acusado de matar Jhonatas Reginaldo Basílio Silva. O crime ocorreu no Bairro São Francisco, na casa de Édina Guerino, 35 anos, que foi invadida por quatro homens.

Um dos invasores era seu ex-marido, Ivo Cardoso Santana, que atirou contra ela e dois homens, entre eles Jhonatas que morreu na hora. Outro homem que estava na casa, Odair José Panizzon, 28 anos, ficou ferido. Édina e a mulher de Odair fugiram da casa e nada sofreram.

A suspeita de participação no crime recai ao vice-prefeito, que teve mandado de prisão expedido pelo Juiz da Vara Criminal de Ampére, João Ângelo Bueno. O mandado foi encaminhado à Polícia Civil de Toledo para cumprimento, mas até agora Valdir Ribeiro não foi localizado.

O vice-prefeito do município trabalha na condução da subprefeitura do Distrito de Luz Marina. Na manhã desta quinta-feira (10) o local encontrava-se fechado. De acordo com informações de populares, Valdir não aparece no local desde o fim do ano passado.
Enquanto isto, os pouco mais de seis mil moradores de São Pedro do Iguaçu estão sem prefeito. Com as férias coletivas, o atual prefeito, Natal Nunes Maciel deveria entregar o cargo para o vice-foragido.

O atual prefeito, empossado no início do ano para seu segundo mandato também não anunciou os nomes de seu primeiro escalão antes de entrar em férias. Dentro da prefeitura estão apenas os servidores que prestam serviços essenciais e o administrador Amauri Antônio Vaz, secretário de Administração da gestão que encerrou em dezembro.

FONTE:CLAUDERIO

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Parceiros