Parceiro

segunda-feira, 18 de fevereiro de 2013

A capacidade instalada de energia eólica no mundo cresceu 18,6% em 2012

energia eólica

Parque de energia eólica aumenta 18,6% no mundo, em 2012 – Levantamento foi divulgado esta semana pelo Conselho Global de Energia Eólica
A capacidade instalada de energia eólica no mundo cresceu 18,6% em 2012, em relação ao ano anterior, totalizando 282,48 mil megawatts (MW). De acordo com levantamento divulgado segunda-feira pelo Conselho Global de Energia Eólica (GWEC, na sigla em inglês), os Estados Unidos se destacaram entre os maiores produtores eólicos, com crescimento de 27,8% da capacidade instalada, somando 46,9 mil MW no fim do ano passado. Matéria no Valor Econômico, socializada pelo Jornal da Ciência / SBPC, JC e-mail 4665.
A China continua liderando a lista dos maiores geradores eólicos do mundo, com capacidade instalada de 75,5 mil MW. O montante representou um aumento de 21,1% em relação à potência instalada no fim de 2011.
Apesar da orientação do governo chinês de buscar alternativas mais limpas para produção de energia, o gigante asiático, no entanto, apresentou redução no ritmo de crescimento da energia eólica. Em 2011, haviam sido instalados 17,631 mil MW de energia eólica, ante 13,2 mil MW novos registrados no ano passado.
Outro emergente, a Índia também diminui o ritmo de crescimento da energia eólica. Enquanto em 2011 foram acrescentados 3,019 MW novos, no ano passado foram adicionados 2,336 MW. Agora a Índia totaliza 18,4 mil MW instalados de energia eólica, na quinta posição do ranking mundial, atrás de China Estados Unidos, Alemanha e Espanha.
“Enquanto a China fez uma pausa para respirar, o mercado americano, assim como os europeus tiveram resultados excepcionalmente fortes. A Ásia segue liderando os mercados mundiais, mas a América do Norte está muito próxima, ocupando o segundo lugar, e a Europa vem logo atrás”, afirmou o secretário-geral do GWEC, Steve Sawyer em nota.
Com crescimento de 75,2% da capacidade instalada, na comparação com 2011, o Brasil fechou o ano com 2,5 mil MW instalados de energia eólica. O país segue como líder da América
Latina e Caribe, à frente da Argentina, que possui 167 MW instalados, com crescimento de 47,7% em comparação com 2011.
Segundo a presidente da Associação Brasileira de Energia Eólica (Abeeólica), Elbia Melo, a capacidade instalada brasileira representa a efetiva inserção da indústria eólica no país.
“Somente em 2012, instalamos 38 novos parques eólicos, totalizando 108 empreendimentos e acrescentamos 1 GW no sistema. Também foram investidos no setor cerca de R$ 7 bilhões e a previsão é chegar a R$ 50 bilhões até 2020″, afirma a executiva, em nota.
EcoDebate, 18/02/2013

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Parceiros

Parceiros