Parceiro

terça-feira, 5 de março de 2013

Dilma: "A morte de Hugo Chávez entristece todos os latino-americanos"


A presidente Dilma Rousseff afirmou nesta terça-feira que "a morte do presidente (venezuelano) Hugo Chávez entristece todos os latino-americanos" e "deixará um vazio no coração, na história e nas lutas" da região.
Dilma participou de um fórum de trabalhadores rurais e, ao começar seu discurso, disse que precisava informar que "hoje, infelizmente e com tristeza, devo dizer que morreu um grande latino-americano, o presidente Hugo Chávez Frias".
Lembrou que, "em muitas ocasiões, o governo brasileiro não concordou integralmente com o presidente Chávez", mas apontou que "hoje, e como sempre, reconhecemos nele um grande líder, uma perda irreparável, e principalmente um amigo do Brasil e de seu povo".
Dilma disse que lamentava sua morte "como presidente e como pessoa que tinha por ele um grande carinho".
Segundo a presidente, que pediu ao público um minuto de silêncio em memória de Chávez, o venezuelano foi "um líder expressivo e um homem generoso com todos aqueles que neste continente precisaram dele".

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Parceiros

Parceiros