Parceiros

terça-feira, 2 de abril de 2013

Santa Catarina é o primeiro estado brasileiro a concluir inventário florestal

floresta 

Documento apresenta o levantamento feito para verificar o que resta de florestas e epífitas em todo território catarinense e as especificidades regionais em termos de cobertura florestal
Sergio Gargioni, presidente eleito do Confap e da Fapesc (Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina), recebeu na segunda-feira (25) quatro volumes com os resultados do Inventário Florístico-Florestal de Santa Catarina (IFF-SC), financiados pelo governo estadual. Ele assina um dos artigos de apresentação da obra; outro foi elaborado por Paulo Bornhausen, secretário de Estado do Desenvolvimento Sustentável, que garantiu recursos adicionais para a impressão da coletânea.
O primeiro volume apresenta, de forma geral, o levantamento feito para verificar o que resta de florestas e epífitas em todo território catarinense. Os demais focam nas especificidades regionais em termos de cobertura florestal.
“Santa Catarina foi o primeiro estado brasileiro a concluir seu inventário estadual e a metodologia usada está sendo usada como modelo por outros estados”, diz Alexander Christian Vibrans, coordenador do IFF-SC, realizado em parceria pela Furb, UFSC, Epagri e Secretaria de Estado da Agricultura e do Desenvolvimento Rural.
O levantamento do que sobrou de florestas no estado teve início em 2005 no Planalto Serrano, seguiu pelo oeste, passando pela Serra Geral até chegar ao litoral. Os trabalhos incluíram a avaliação da importância sócio-econômica e cultural dos recursos florestais – especialmente das espécies ameaçadas de extinção – por meio de entrevistas com as comunidades de cada região catarinense. Todas as informações coletadas farão parte de um banco de dados público.
Os livros entregues nessa segunda-feira serão lançados oficialmente em maio e complementados por mais dois, nos próximos meses. Todos serão distribuídos gratuitamente a universidades federais brasileiras, escolas de segundo grau, instituições de ensino superior de Santa Catarina e órgãos públicos ligados à questão ambiental. Também estarão disponíveis para download neste link.
Informe da Assessoria de imprensa da Fapesc, socializado pelo Jornal da Ciência / SBPC, JC e-mail 4694.
EcoDebate, 01/04/2013

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Parceiros