Parceiros

sexta-feira, 12 de julho de 2013

MPF/CE recomenda suspensão de licença para operação de esteira da termoelétrica MPX

Usina termelétrica de Pecem II, da MPX. Foto: Divulgação
Usina termelétrica de Pecem II, da MPX. Foto: Divulgação

Fiscalização constatou que a esteira transportadora da termoelétrica MPX tem causado danos ao meio ambiente
O Ministério Público Federal no Ceará (MPF/CE) recomendou, nesta quarta-feira, 10 de julho, que a Superintendência Estadual do Meio Ambiente (Semace) suspenda a licença de operação da esteira transportadora da Termoelétrica Porto do Pecém Geração de Energia S/A (MPX). Fiscalização feita por órgãos ambientais do estado constatou que o funcionamento do equipamento tem provocado danos ao meio ambiente.
De acordo com a recomendação do MPF/CE, expedida pelo procurador da República Alessander Sales, a suspensão da licença de operação da esteira, utilizada para descarregamento, transporte ou transferência de materiais, deve durar até que a empresa tome as medidas necessárias para o adequado controle ambiental.
O Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) e a Semace fizeram medições sobre a poluição do ar e sonora e evidenciaram que o equipamento pode causar danos tanto ao meio ambiente como à comunidade da região, por conta da dispersão de materiais e pelo nível de ruídos sonoros no descarregamento de dois navios com carvão mineral.
Diante da constatação, um termo de ajustamento de conduta já foi firmado entre a Semace e a MPX viabilizando a utilização da esteira, com a condição de que a empresa apresentasse uma solução técnica para a resolução dos problemas verificados. O MPF/CE não obteve informações sobre o procedimento. Após receber denúncias de que o equipamento continua funcionando, o procurador Alessander Sales decidiu enviar a recomendação à Semace.
Informe do Ministério Público Federal no Ceará, publicado pelo EcoDebate, 11/07/2013

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Parceiros