Parceiros

segunda-feira, 14 de março de 2016

Celeste Bradley - Procura-se um Duque - [Noivas Herdeiras 1/3]

Titulo: Procura-se um Duque
Autor: Celeste Bradley
Editora:
Paginas:
Resenha: Inglaterra, 1815

Desejo de um coração..

A única maneira de Phoebe Millbury herdar a fortuna da família é cumprir a exigência feita em testamento por seu avô, de se casar com um duque. Mas isso é só uma parte do problema. Phoebe, que está tentando recuperar seu bom nome depois de um escândalo romântico, ainda tem que competir com duas primas, pela herança, e talvez pelo mesmo homem... até que fica conhecendo o irresistível Rafe Marbrook, marquês de Brookhaven.

Ao receber uma proposta de casamento vinda dos Marbrook, Phoebe aceita sem vacilar. Só há um porém: o pedido foi feito pelo irmão mais velho de Rafe, Calder, herdeiro do ducado, por quem ela não se sente atraída. Agora Phoebe se vê à beira de outro escândalo, enquanto enfrenta uma escolha desesperada: casar-se com Calder pelo dinheiro e pelo título... ou seguir seu coração? De um jeito ou de outro, o resultado poderá ser desastroso...

RESENHA:
09/03/2016

Livro do estilo que gosto.... amores impossíveis :-)
Eu gosto quando eles se amam e algo os impede de ficar juntos. Não tenho muito paciência pra casalzinho que faz doce e coloca empecilho em tudo.

Phoebe é órfã de mãe e seu pai é reverendo. Ela foi criada sob dura vigilância, seu pai sempre foi muito rígido e nunca deu carinho.
Aos 15 anos ela tentou fugir com seu professor de dança, mas o cara deu no pé na manhã seguinte. Seu pai a encontrou e deixou-a trancada no quarto por 3 meses, isso fez com que ela mudasse seus modos e fizesse de tudo para agradar ao pai.
Dez anos depois ela está com a tia Tessa em Londres para conseguir um marido, aliás, ela e e suas duas primas.
Seu avô impôs uma condição que a primeira que se casasse com um duque receberia toda sua fortuna. Se alguém fora da família soubesse dessa cláusula, o dinheiro iria para os contrabandistas de bebida. (rs)

Rafe é o filho bastardo do marquês de Brookhaven. Aos 8 anos sua mãe morreu então ele foi morar com o pai e seu meio irmão Calden, alguns meses mais velho.
Só que Rafe sempre se sentiu excluído de tudo. Seu irmão é herdeiro do título, das terras e da fortuna. Isso fez com que ele se rebelasse quando mais jovem, vivendo cercados de mulheres, jogos e bebida.

Numa noite em um baile, Rafe e Phoebe se esbarram e se apaixonam loucamente.
Rafe mostra Phoebe ao seu irmão, como que pedindo a opinião dele, porém Calden acha que ele está sugerindo como sua futura noiva.
Calden então logo pede Phoebe em casamento e ela conhecendo apenas pelo sobrenome e achando se tratar de Rafe, aceita. Ela percebe tarde demais seu erro, agora que o pai finalmente está orgulhoso dela e ela prestes a colocar a mão na herança do avô.

Rafe quando fica sabendo acha que Phoebe aceitou o pedido porque o irmão é um duque e ela acha que foi Rafe quem mandou o irmão pedí-la em casamento... ufa!!
Só que essa confusão não dura muito, logo eles percebem o erro e foi isso que mais gostei no livro.
Eles desejam desesperadamente ficar juntos, mas Phoebe terá que abrir mão de muita coisa, principalmente de sua reputação e Rafe acabaria com o que sobrou da pouca amizade com o irmão.

Gostei muito, só achei o final um pouco forçado e com algumas pendências, mas algumas podem ser resolvidas nos próximos livros da série.
Recomendo!!!

-----------------------------------------------------------------------------
Outros livros da série:
Livro 2: Clássicos Históricos 439 - No Quarto ao Lado (Deirdre)
Livro 3: Clássicos Históricos 448 - Sonho de Cinderela (Sophie)

Fonte: Adoro Romance

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Parceiros