Parceiros

segunda-feira, 10 de outubro de 2016

Comer, Rezar, Amar ─ Elizabeth Gilbert

Titulo: Comer, Rezar, Amar
Autora: Elizabeth Gilbert
Gênero: Não Ficção
Editora: Objetiva
Preço: De R$ 27,90 até R$ 34,90

Resumo: Comer Rezar Amar, de Elizabeth Gilbert, consiste nas memórias da autora que por um ano, impôs a si mesma, uma peregrinação por três países – Itália, Índia e Indonésia – em busca de novos significados e de autoconhecimento

Quando completou 30 anos, Elizabeth Gilbert tinha tudo que uma mulher americana moderna, bem-educada e ambiciosa deveria querer: um marido apaixonado, uma casa de campo, o projeto de ter filhos e uma carreira de sucesso, mas mesmo assim, como muitas outras pessoas, sentia-se perdida, confusa e sem saber o que realmente desejava na vida.

Recentemente divorciada e num momento decisivo, Gilbert sai da zona de conforto, arriscando tudo para mudar sua vida: livrou-se de todos os bens materiais, demitiu-se do emprego, e partiu para uma viagem — sozinha — onde pudesse examinar aspectos de sua própria natureza, tendo como cenário a arte do prazer de comer na Itália, a arte da devoção na Índia, e, na Indonésia, a arte de equilibrar as duas coisas.

Em Roma, Liz aprendeu a falar italiano, descobre o verdadeiro prazer da gastronomia, sem medo de calorias, descobre o quanto vale uma boa comida e estar bem com si mesma; na Índia, sua espiritualidade e sensibilidade é aflorada, aprende a rezar, a meditar, e finalmente se descobre, perdoando seus erros e atitudes que considerava erradas. Já em Bali, Indonésia, exercitou o equilíbrio entre o prazer mundano e a transcendência divina. E é neste local que ela encontra a paz interior e o equilíbrio de um verdadeiro amor onde não só aprendeu a amar, como também, a se deixar ser amada.

Com mais de 4 milhões de exemplares vendidos, Comer, Rezar, Amar — Eat, Pray, Love — foi lançado em trinta países e foi aclamado pelo The New York Times como um dos 100 livros notáveis de 2006 e escolhido pela Entertainment Weekly uma das melhores obras de não-ficção do ano. O Livro também ganhou uma versão para o cinema com Julia Roberts e Javier Bardem, estreado no Brasil em Outubro de 2010.

Real, belo, sensível, triste e engraçado, Comer, Rezar, Amar, além do título apelativo para atrair a massa de leitores, é um livro escrito com ironia, humor e inteligência e divide opiniões por ser uma história de total liberdade.

Se você é uma pessoa prática e objetiva e vive satisfeita com a própria vida, talvez a história do livro Comer, Rezar, Amar não lhe interesse, porém, se você é daquelas que tem “interrogações” sobre a vida, de querer entendê-la, de querer entender-se, de ansiar por refletir sobre a própria existência, e vive consumido por dúvidas de todos os lados, certamente encontrará nos relatos de Elizabeth Gilbert, com seqüência de grandes momentos e emoções, uma resposta plausível para suas interrogações.

Poder-se-ia dizer que Comer, Rezar, Amar, é um convite a todos que desejam correr riscos ao assumirem a responsabilidade pelo próprio destino, deixando assim de viver os ideais da sociedade para viverem seus próprios ideais. Também conduz o leitor a redescobrir prazer no que come e/ou bebe; a apreciar cada momento vivido, procurando sempre encontrar o próprio equilíbrio — através do silêncio, reflexão ou da meditação; a amar-se — cuidar da saúde física e mental — e a realizar-se emocionalmente, seja reaprendendo e fortalecendo os laços já existentes ou abrindo o coração para um novo porvir.
Fonte: http://livrospralerereler.blogspot.com/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Parceiros