Parceiro

quarta-feira, 28 de dezembro de 2016

Bem Vindos Ao Rio - Marcos Rey

Título: Bem-Vindos ao Rio
Coleção Vaga-Lume
Autor: Marcos Rey
Ano: 1992
Páginas: 126
Idioma: português
Editora: Ática
Resumo: Quem poderia imaginar que ao tentar realizar o grande sonho, o de conhecer a cidade do Rio de Janeiro, Cláudio e Pat iriam passar por um verdadeiro pesadelo? Isso mesmo: ao chegar à cidade, os dois dão de cara com uma situação pouco comum para quem quer apenas passear... Eles são vítimas de uma quadrilha formada por adolescentes.
Comentário: Bem vindos ao Rio
Cláudio é um garoto de Curitiba, que foi presenteado pelo seu irmão, com uma viagem ao Rio de Janeiro por 03 dias.
Patrícia é uma jovem de Brasília, que veio até o Rio de Janeiro para passear na casa da tia e realizar um sonho: conhecer o mar.
Os dois jovens se encontram em um museu, começaram a conversar e ao saírem de lá, acabaram sendo sequestrados por uma quadrilha de adolescentes e a partir daí começa o famoso "salve-se quem puder".

Este livro do Marcos Rey, não tem aquele suspense e aquela tensão de outros livros do autor. O livro é mais focado em criticas sociais.
No decorrer do livro, o autor vai nos apresentando os personagens da quadrilha e mostrando que todos eles entraram na criminalidade pelo mesmo motivo: a pobreza.
O livro foca nesta mensagem: a pobreza é a raiz da criminalidade.
Na opinião do autor, muitos jovens entram na criminalidade porque nunca tiveram uma oportunidade na vida e encontram no crime uma chance de sobreviver.

O autor apressa-se em dizer, porém, que a pobreza não é uma justificativa para a criminalidade, pois um integrante da quadrilha (Sebão) resolve não participar do sequestro para levar uma vida honesta como engraxate, mas que apesar disso, a pobreza pode ser um caminho para a criminalidade.

Os personagens da quadrilha foram bem desenvolvidos pelo autor. Cito aqui: "Tito", um menino que gosta de doces e que, por ser pobre, não consegue compra-los e vê na criminalidade uma forma de conseguir o que quer.
"Tereca", uma jovem sem nenhuma expectativa de um futuro melhor resolve entrar para o crime junto com o namorado "Baixo", um jovem com uma inteligência acima da média, mas que também nunca teve oportunidade. "Nariz", outro personagem bem marcante, parece-me retratado pelo autor com um caráter meio distorcido, sentindo certo prazer em ser criminoso.

Por fim, a melhor mensagem é a do final do livro (calma, não vou contar o final).
O destino que o autor deu aos personagens me pareceu muito próximo da realidade. São exatamente estes os caminhos para quem escolhe viver uma vida criminosa.

Há até criticas para os criminosos de "colarinho branco", mostrando que a criminalidade não existe só entre os pobres.

Incrível como um livro escrito em 1986 ainda seja tão atual e, infelizmente, continuará sendo atual por muitos anos.

Um bom livro para ler e refletir.

E o resto você vai ter que ler para saber.

Baixar o livro clique no botão abaixo:

https://drive.google.com/file/d/0B3YeGPlcB0dFYi1yQWY1MW1Tenc/view?usp=sharing







Sempre que o botão acima aparecer você pode clicar para baixar o livro da postagem.

Clique neste botão responda ao questionário para participar do sorteio de um livro, ou para deixar sugestão para o blog.
Haverá o sorteio de um livro a cada 100.000 visualizações do blog.

Obs.: O download do livro é somente para facilitar o acesso a quem não tiver condições de adquirir o mesmo em uma livraria, valorize o autor adquira copias originais das obras.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Parceiros

Parceiros