Parceiros

quinta-feira, 12 de janeiro de 2017

Após polícia identificar Caminhão que causou tragédia na ERS 404, sobreviventes recebem alta

Fotos DIARIORS
Polícia Civil espera que motorista se entregue antes da expedição de um mandado de prisão

Os últimos dois sobreviventes internados após o atropelamento que matou quatro pessoas na RS-404, em Rondinha, foram liberados do hospital na quarta-feira (11). Mateus Rodrigues, 14 anos, e a irmã dele, Michele Rodrigues, 17 anos, estavam no Hospital São Vicente de Paula em Passo Fundo.
Ainda ontem, no dia do acidente, os outros dois feridos já haviam deixado o Hospital do Trabalhador de Ronda Alta. Os dois jovens que receberam alta hoje estavam no carro que saiu da pista e colidiu em uma árvore. O pai deles, Erni da Rosa Rodrigues, 40 anos, foi socorrido do Prisma, com placas de São Leopoldo, mas acabou morrendo atropelado.
Segundo a Polícia Civil, também morreram no acidente mãe e filho, que moravam em Novo Hamburgo. Lori de Fátima dos Santos, 43 anos, e Thaison Mateus Oliveira, 21 anos, trafegavam em um Classic quando resolveram parar para socorrer as vítimas do primeiro acidente. O agricultor João Paulo Mattei, 68 anos, que era morador das proximidades, também não resistiu aos ferimentos.
A investigação ainda procura o motorista, mas afirma já ter identificado o veículo que atropelou o grupo. Câmeras de segurança de diversos postos de combustíveis foram analisados pela força-tarefa da polícia, que envolve agentes e delegados de Sarandi e Rondinha.
A Polícia Civil espera que o motorista se entregue antes da expedição de um mandado de prisão. Os sobreviventes ainda não foram ouvidos, por estarem em estado de choque.

Fonte:TP com Rádio Gaúcha 
Saiba mais sobre está tragédia CLIQUE AQUI

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Parceiros