Parceiros

sexta-feira, 18 de março de 2016

Jango: A vida e a morte no exílio - Juremir Machado da Silva

Titulo: Jango: A vida e a morte no exílio
Autor: Juremir Machado da Silva
Editora: Record
Paginas: 376
Ano: 2013
Idioma: português
Editora: L&PM EDITORES
Resenha: A dor, a tristeza do exílio e a morte que desperta suspeitas. 'Jango - a vida e a morte no exílio' é um livro de reconstrução e desconstrução - busca reconstruir o passado para desconstruir mitos. Se tivesse de ser resumido a uma questão, seria - quem foi João Goulart? Um presidente fraco ou um herói reformista no tempo errado, derrubado do poder para que não melhorasse o Brasil 'cedo' demais? Com mais cuidado, pode-se dizer que este livro trata mesmo de como foram construídos, com ajuda dos jornais, o imaginário favorável ao golpe e as narrativas sobre o possível assassinato do presidente deposto em 1964. Como, quando e onde surgiu a tese do assassinato?
Comentário de Leitor: Jhoni
O livro é excelente para quem esta a procura de saber mais sobre os anos de chumbo, o golpe militar, a forma que Jango foi deposto e principalmente a vida e a morte dele no exílio. A obra é composta por vários personagens marcantes e instigantes como o Neira.
O autor também nos traz as diversas duvidas surgidas através da morte do ex presidente, morte natural ou assassinado?.
Creio que o mais importante para minha pessoa, foi saber mais sobre as propostas politicas de Jango, as reformas de base por exemplo. Seria ele um herói? Um politico com propostas certas no tempo errado?. O autor nos leva a conhecer mais sobre a as idéias de Jango.
Não se trata de uma biografia. Mas mesmo assim vale muito a pena conhecer esta parte da história que pouco é trabalhada.




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Parceiros