Parceiros

quarta-feira, 10 de fevereiro de 2016

Sugestão de leitura - Terra Negra - Timothy D. Snyder


Titulo: Terra Negra
Autor: Timothy D. Snyder
Edição: Fev/2016
Páginas: 608
Editora: Bertrand Editora
Sinopse: Em Terra Negra, Timothy Snyder apresenta uma nova explicação para a grande atrocidade do século XX, revelando os riscos que corremos no século XXI. Tendo como base novas fontes de informação vindas a Europa do Leste e testemunhos esquecidos de sobreviventes judeus, Terra Negra reconta o genocídio dos judeus como um acontecimento que ainda nos é próximo, mais compreensível do que gostaríamos de admitir e, desse modo, ainda mais assustador. Ao tornarmos as lições do Holocausto numa nota de rodapé, falhamos em compreender a modernidade, colocando o futuro em risco.

O início do século XXI começa a assemelhar-se com o início do século passado, à medida que a preocupação com comida e água acompanha os novos desafios ideológicos que se colocam globalmente. O nosso mundo está mais próximo do de Hitler do que gostaríamos de admitir e, para salvá-lo, é necessário encarar honestamente o Holocausto e nós mesmo, como somos. Original e profundamente fascinante, Terra Negra demonstra que o Holocausto não é apenas História - é, também, um aviso.

O autor: Timothy D. Snyder é professor de História na Universidade de Yale, especialista em história da Europa Central e Oriental, assim como do Holocausto. É afiliado do Institut für die Menschen Wissenschaften em Viena e do College of Europe em Natolin, na Polónia. Snyder recebeu o doutoramento na Universidade de Oxford, em 1997 e estudou com bolsas de estudo em Paris, Viena, Varsóvia, e como académico da Universidade de Harvard.

Snyder é autor de cinco livros e co-editor de dois livros. Escreveu no International Herald Tribune, The Nation, New York Review of Books, o Times Literary Supplement, The New Republic, Eurozine, Tygodnik Powszechny, Chicago Tribune, Christian Science Monitor e outras publicações periódicas. O seu livro "Terra Sangrenta: a Europa entre Hitler e Stalin" (2010) foi traduzido para vinte idiomas e best-seller em quatro países. É membro do Comité da Consciência do United States Holocaust Memorial Museum e do conselho editorial do Journal of Modern European History and East European Politics and Societies.






Saiba mais CLIQUE AQUI

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Parceiros