Parceiro

sexta-feira, 7 de dezembro de 2012

Cassados registros de candidatos a Prefeito, Vice e Vereador no Norte do RS


Ao acatar representação do Ministério Público Eleitoral de São José do Ouro, o Tribunal Regional Eleitoral publicou, nesta terça-feira, 4, sentença que determina a cassação das duas candidaturas à Prefeitura da cidade. Dessa forma, os candidatos a Prefeito e Vice-Prefeito da Coligação Aliança
Democrática, Ademir Perinetto e Gabriel Norberto Lottici (eleitos); e da Coligação União Popular Democrática, Algacir Menegat e Vitor Hugo Bergamo, além do Policial Civil e candidato à reeleição para Vereador Osnildo Luiz de Godoi (suplente), foram considerados culpados de coordenar um esquema de compra de votos. Todos foram condenados ao pagamento de multa entre 30 mil e 80mil UFIRs.
A representação, assinada pela Promotora Bianca Acioly de Araújo, também dava conta da participação da Secretária Municipal Elizandréia de Fátima Raimundo Kunzler. Ela também foi condenada ao pagamento de 80 mil UFIRs. Os militantes da Coligação Aliança Democrática, Fabiano Carniel, Mauri Luiz Baggio e Rogério Centenaro também deverão pagar multa. A Juíza da 103ª Zona Eleitoral, Paula Moschen Brustolin, determinou também a exclusão dos partidos PSDB, PP e DEM de São José do Ouro da distribuição dos recursos do Fundo Partidário.
Além disso, a Justiça entendeu que uma Carteira Nacional de Habilitação foi obtida por meio fraudulento no decorrer do esquema. De acordo com as investigações do MP, que iniciaram em meados de setembro e contaram com o monitoramento de mais de três mil escutas telefônicas com autorização da Justiça, eram oferecidos desde botijões de gás e vales-combustíveis até compras em supermercados, dinheiro em espécie e materiais de construção em troca do apoio dos eleitores.
Fonte: MP-RS/ NorteRS

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Parceiros

Parceiros