Parceiros

sexta-feira, 21 de dezembro de 2012

RS lidera criação de empregos no país em novembro, diz Caged

O Rio Grande do Sul foi o estado que mais criou empregos com carteira assinada no Brasil no mês de novembro. Os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) foram divulgados pelo Ministério do Trabalho e Emprego.

Foram criados 15.759 postos de trabalho no Rio Grande do Sul em novembro, o que representa alta de 0,61% em relação ao mês anterior. Em seguida aparecem Rio de Janeiro (13.233), Santa Catarina (8.046), São Paulo (7.203) e Paraná (5.757) e Bahia (5.695 postos).

No caminho inverso, o estado que apresentou a queda mais acentuada no nível de emprego foi Goiás, com menos 8.649 postos de trabalho, devido, principalmente, às atividades relacionadas ao complexo sucroalcooleiro. Em seguida aparecem Mato Grosso (-5.910) e Minas Gerais (-4.435).

Em todo o país, foram criados 46.095 empregos no mercado de trabalho formal em novembro, correspondentes ao crescimento de 0,12% em relação ao mês de outubro. Foram declaradas 1.624.306 admissões e 1.578.211 desligamentos no mês, segundo o Caged.

Segundo o Ministério do Trabalho, o comércio liderou a criação de empregos formais em novembro deste ano, com 109,6 mil postos abertos, ao mesmo tempo em que o setor de serviços apareceu na segunda colocação, com 41,35 mil vagas abertas. Estes foram os dois únicos setores que registraram contratações líquidas no mês passado.

No acumulado do ano, foram abertos 1.771.576 postos de trabalho de janeiro a novembro, que representam queda de 23,6% em relação ao mesmo período do ano passado, quando foram criadas 2,32 milhões. Trata-se do pior resultado para o período desde 2009, quando foram abertas 1,68 milhão de vagas formais de trabalho no país.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Parceiros